Urbs Magna

Enquete da VEJA continua com LULA presidente

Mesmo com a direita brasileira – que odeia o PT e Lula – correndo atrás do prejuízo, depois que a Veja publicou uma enquete online sobre a condenação do petista, o ex-presidente continua a surpreender a revista situando-se agora com 67% de aprovação popular para a campanha presidencial de 2018.

O resultado inesperado, que não agradou aos editores, ainda não foi alterado desde que a publicação foi lançada associada à matéria comemorativa de 13jul17 que celebra a condenação de Lula no dia anterior.

Lula será preso ou voltará à Presidência da República em 2018?“ – é o tema da enquete que até o fechamento desta publicação já acumula 187.558 votos apresentando 67% para Lula retornando à presidência e 33% vislumbrando sua prisão.

Diversos sites conservadores estão lançando campanhas para que seus leitores votem e revertam o resultado que antes somavam 73% Lula Presidente e 27% Lula Preso. Ou seja, o espaço mais acessado da direita brasileira está mantendo um resultado favorável ao ex-presidente sinalizando sua alta popularidade.

Temer passa pela CCJ e segue impune

A CCJ da Câmara rejeitou o parecer da denúncia contra o presidente Michel Temer elaborado pelo deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), que recomendava a admissibilidade do pedido da Procuradoria-Geral da República para investigar o peemedebista.

O placar de 40 a 25 garantiu a vitória com uma série de trocas de membros, realizada pelo Palácio do Planalto. No total, foram 25 movimentações desde o dia 26 de junho, sendo 14 vagas de titulares alteradas.

As mudanças provocaram críticas da oposição, que levou o caso para o Supremo Tribunal Federal (STF), mas a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, rejeitou um mandado de segurança impetrado por um grupo de seis parlamentares que pretendia restaurar a composição prévia da CCJ.

Com o resultado, o presidente da CCJ teve de escolher um novo relator e decidiu pelo deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG).

O tucano lerá seu parecer em plenário ainda nesta quinta-feira, para, em seguida, os deputados votarem novamente.

Antes da votação ser realizada, o líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), argumentou que o pedido da PGR significava também o afastamento do presidente da República.

“A legislação de ocasião é nociva para o País; estamos aqui para defender o País”. disse.

A votação foi realizada após dois dias de sessão de debates e 78 discursos no plenário da CCJ, que somaram mais de 18 horas de discussão.

A maioria dos discursos foi de deputados defendendo a admissibilidade da denúncia.

“A denúncia mostra que o presidente se meteu em enrascada”, disse o petista Wadih Damous (RJ). O deputado disse que a denúncia da PGR não veio “contaminada” e que a população merece conhecer a verdade.

“O povo brasileiro exige de nós que essa denúncia seja acatada”, reforçou.

Pelo bloco governista, defenderam o presidente Michel Temer os deputados Carlos Marun (PMDB-MS) e Alceu Moreira (PMDB-RS). Em seu discurso, Moreira disse que admitir a denúncia seria “jogar um país no fosso do futuro sem saber quais são as consequências, apenas porque o presidente recebeu alguém fora da agenda”.

“É ruim com ele, é muito pior sem ele”, pregou.

URGENTE: Lula anuncia candidatura em 2018″ 

A partir de agora vou reivindicar do PT o direito a me colocar como postulante à candidatura à presidência em 2018

Luiz Inácio Lula da Silva

Em sua primeira fala após a condenação na Justiça em primeira instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou oficialmente sua intenção de ser candidato à presidência pelo PT em 2018. 

“Vou reivindicar algo que eu não tinha reivindicado até agora; a partir de agora vou reivindicar do PT o direito a me colocar como postulante à candidatura à presidência em 2018.” 

“Quando os economistas de direita não tiverem mais solução, por favor, permita que a gente coloque o pobre no orçamento outra vez; a gente faz o país voltar a crescer, e faz o povo voltar a sorrir e ter o otimismo que tinha durante todo o tempo em que governamos esse país.”

Ele disse que, aos 71 anos, está “disposto a brigar como se tivesse 30 anos. Quem afirmou que é o fim do Lula vai quebrar a cara, porque só o povo tem o direito de dizer que eu estou fora do jogo.” 

Urgente: MORO é denunciado 

Desembargadores do TRF acusam Moro. LEIA

Desembargadores da 8° Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, denunciaram o juiz golpista Sérgio Moro de tentar engessar os tribunais superiores com decisões suas sobre as delações premiadas.

Segundo os desembargadores, em pelo menos duas oportunidades, nos processos criminais envolvendo o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o ex- diretor da Petrobrás Renato Duque, o Mussolini de Maringá (Sérgio Moro) atuou no processo passando por cima de suas competências legais.

Segundo o desembargador e relator do processo de Duque, João Paulo Gebran Neto, Moro teria concedido benefício ao réu por delação premiada depois que o processo já estava para ser avalizado pela Corte, apresentando que a Corte superior teria que acatar o beneficio e vinculando a pena previamente definida.

Além disso, Moro, um juiz de primeira instância, tomou deliberações acerca de seu processo e de outros, vinculando de forma equivocada o tribunal e o juiz de execução, extrapolando suas competências. Realizando ato que pode ser nulo, já que os juízes de primeira instância não podem tomar decisões vinculadas à decisão de instância superior, pois obviamente ela pode ser modificada, reformada pelos juízes dessas cortes superiores.

Diante da denúncia, Moro foi notificado pelos desembargadores afim de que pare de atuar como “Mussolini”, e se contenha apenas a realizar atos judiciais dentro de suas competências de juiz de primeiro grau.

Com a crise e o aprofundamento do golpe, tudo indica que o fim do reinado do golpista Sérgio Moro está chegando ao fim. A missão de Moro, de prender petistas, derrubar o governo do PT e destruir as empresas nacionais se esgotou, e o golpe deve se estabelecer em outras bases.

Tagged with: , , ,

BRASIL: um país de merda

Dirigido por uma elite de merda idêntica aos deputados que tiraram Dilma, ao Aécio e sua mala de dinheiro e aos ministros equidistantes do STF 

O Brasil acabou de vez com a decisão do STF de reconduzir o criminoso Aécio Neves ao Senado. Assim como a de soltar o criminoso Não Sei o Quê Loures. Assim como a de não abrir imediatamente um processo contra o criminoso Michel Temer no momento em que apareceram as gravações dele negociando crimes com o pilantra Joesley, outro criminoso vagabundo, milionário vagabundo, exemplo mais bem acabado da elite econômica e industrial brasileira, composta por vagabundos — para encontrá-los, todos, é só ir à Fiesp e ficar olhando quem entra no prédio pela garagem.

Dilma Rousseff foi expulsa da presidência por alocar verbas federais para programas sociais, tirando dinheiro do próprio governo daqui e colocando ali para entregar a quem mais precisava. Uma manobra fiscal, cujo único beneficiário era aquele coitado que recebe Bolsa Família. A isso se deu o nome de “pedalada”. E foi o bastante para derrubá-la.

Movida pelo ódio aos pobres, a classe média brasileira atendeu de imediato ao chamado da mídia — Veja, Folha, Estadão, Globo, O Globo e seus satélites, incluindo as patéticas emissoras de rádio — e se vestiu de amarelo para ir às ruas louvar um pato inflável.

A isso chamou-se de movimento popular. “O povo resolveu tirar o PT do poder”. Não foi o povo. Foi a classe média turbinada pelos desejos e ordens daqueles que, no fim das contas, são seus porta-vozes e grandes prejudicados por governos que distribuem renda — sempre tiveram, e sempre quererão ter a maior fatia do bolo, se possível o bolo inteiro.

A classe média brasileira, composta pela pior espécie de gente que se possa imaginar, bateu panelas a cada pronunciamento de Dilma. Mandou-a tomar no cu aos gritos num estádio, vociferou palavras de ódio e misoginia. Pôde, sob o olhar deliciado de gente como ela — os donos da mídia –, finalmente expressar sem pudor seu ódio de classes que faz escorrer baba pela boca.

Fora PT!, gritavam. Luladrão!, Dilmanta!, corruPTos!, berravam, urravam, relinchavam, e depois tiravam selfies ao lado de soldados do pelotão de choque da PM. E pediam a volta dos militares. E seus semelhantes, como Lobão, Danilo Gentili, Otávio Mesquita, Roger, Regina Duarte, alguns atores, muitos colunistas e radialistas, jornalistas globais, subiam em carros de som para repetir o mantra: Fora PT. Apareceram movimentos como Revoltados On Line e MBL e coisas do tipo. Deu-se voz a esses animais de sela relinchantes.

E o Brasil mostrou sua cara verdadeira. Um país de merda dirigido por uma elite de merda que, no fundo, é idêntica aos deputados que tiraram Dilma da presidência, é idêntica ao Aécio e sua mala de dinheiro, é idêntica aos ministros do STF que negam habeas corpus a uma mulher que furtou um ovo de Páscoa para dar ao seu filho, mas fazem elogios rasgados ao senador flagrado em gravação pedindo propina, indicando o primo para pegar uma mala de dinheiro, um filho da puta sem tamanho que, no fim das contas, fica livre porque é julgado por filhos da puta iguais a ele.

E você, que cada vez que o Lula aparecia na TV, ou a Dilma, ou um petista qualquer, batia panela na varanda gourmet do seu apartamento, ou buzinava na rua, é um filho da puta igual, porque você é um igual. Não se iluda: você que bateu panela é igual, idêntico ao Aécio, você colocaria 500 paus numa mala e entraria correndo num táxi, você ligaria para um juiz para armar alguma putaria se pudesse, você mandaria matar seu primo otário se ele fosse pego, você armaria uma conversa no porão da sua casa para tramar alguma roubalheira, você já deve ter feito coisa parecida, portanto não se revolte, não fique indignado, você pensa igual, age igual, é um bosta igual.

Hoje o copo d’água transbordou. Não se sabe mais o que é preciso fazer para ser preso no Brasil. Ou para perder a vergonha e renunciar a um cargo público quando se é flagrado cometendo crimes hediondos como desviar dinheiro que poderia estar melhorando a vida de miseráveis num país miserável. Essa elite brasileira que chutou o PT do governo não tem vergonha de ser o que é. Você, paneleiro, não tem vergonha de ser esse merda que é. Você gosta de ser assim, admira quem é assim, se orgulha de ser assim.

Se você não é preto, nem pobre, nem petista, fique tranquilo. Não será processado por nada, não será preso, sempre haverá alguém para bater panela por você. São tantos os absurdos, as decisões amorais, abjetas, obscenas, que partem do Judiciário e salvam gente do Legislativo, que é quase impossível listá-los.

São esses criminosos que legislam, e que estão arrebentando com os direitos dos trabalhadores e estuprando os mais frágeis na questão da Previdência. Esses filhos da puta nem cogitam mexer nas suas aposentadorias, nos “direitos adquiridos” de magistrados e militares, querem que se foda todo mundo.

Claro que tem gente que aplaude. O projeto era tirar o PT, seguir ganhando dinheiro fácil com especulação, voltar à posição de superioridade sobre pobres diabos que trabalham de sol a sol e são escravizados por empresários milionários, sonegadores, vagabundos.

O Brasil é imoral demais, e aqueles que ainda têm algum resto de vontade de lutar por algo melhor estão cansados. O povo povo, aquele que mais sofre, que está sendo atirado de volta ao lugar onde sempre esteve, à miséria, ao descaso, ao desalento, não tem forças para brigar e já nem compreende mais o que está acontecendo.

Isso aqui virou o pior lugar do mundo para se viver.

(Flávio Gomes)

Rosane Collor e seu livro (delator?)

Posted in BRASIL, Livros, OPINIÃO, PERDENDO A RAZÃO, POLÍTICA, PROTESTOS NO BRASIL, VERGONHA DE SER BRASILEIRO by dibarbosa on 27 de dezembro de 2014

A mulher bomba Rosana Malta, assim renomeada após a separação, publica as “coisas” do presidente do impeachment Fernando Collor de Melo, como esquemas de corrupção e até seus rituais macabros.fernando-collor-presidente-impeachment-protesto-06-original (1)

Apesar do desequilíbrio emocional e espiritual visível ao longo dos anos em que se mantém separada do ex-presidente Fernando Collor de Melo, Rosana Malta, que chegou a dizer que é um dossiê vivo da era do impeachment, acaba de lançar um livro onde diz que conta toda a verdade (a dela) sobre seu ex-marido.

Na interpretação popular, uma mulher ferida e magoada pela traição do homem que um dia foi seu príncipe é capaz de qualquer coisa. Mesmo que Collor tenha sido e feito tudo o que presenciamos de sua péssima passagem pelo Governo do Brasil, e mesmo que ele tenha sido traído pela ex-primeira dama como afirma, a principal força motriz das revelações de Rosana Malta baseia-se na evidência de que seu ex-amado praticou infidelidade matrimonial durante sua Era no planalto, após o que Rosana foi trocada, assumidamente e publicamente, por outra mulher mais jovem e fértil e com a qual o atual senador pôde, enfim, ter seus sonhados herdeiros concebidos definitivamente, o que explica os rituais com fetos humanos descritos no livro.
Não há, pois, a menor necessidade de entrarmos no mérito da questão do impeachment para entendermos que as emoções supracitadas desta mulher vão além dos limites da tolerância e além do que merecemos ou desejamos saber. Mas como vivemos em país 42747945democrático, ainda que com tantos transtornos estatais que temos presenciado nos últimos dias/meses, somos obrigados a nos deparar com materiais impróprios e desnecessários para o nosso crescimento cultural e espiritual cabendo a cada um separar o joio do trigo.
No fim de toda essa novela pastelão que o Brasil já esqueceu, Rosana Malta diz ter se convertido à uma religião protestante, com ações muito diferentes das praticadas por seu doutrinamento espiritualista anterior e volta a expor uma ferida que é somente sua. Com tantos problemas que o país enfrenta, a crente emergente surge e quer meter toda a merda do passado no ventilador, mas ela já secou e desapareceu. Particularmente penso que ela deveria, há muitos anos atrás, ter catado o cocô de seu cachorro da grama alheia porque a bosta não era nossa e nem da nossa conta. Mas caso alguém (e deve ter muita gente) tenha interesse em adquirir ou conhecer a (literatura?) que jamais será um best-seller mas sim tão somente um ganha-pão, aqui vai a informação: Tudo o que vi e vivi – O testemunho corajoso da primeira-dama mais jovem que o Brasil já teve é o título da (obra?) publicação da Editora LEYA na qual a (escritora?) Rosane Malta confirma o esquema corrupto de PC Farias, fala de sua morte e discute para onde foi o dinheiro arrecadado pelo tesoureiro. Ficou curioso?

Sobre o protesto sábado na Paulista

fora DilmaOs filhos da mídia foram neste sábado para as ruas protestar contra, bem, contra sei lá o quê. Contra terem perdido nas urnas e, portanto, contra a democracia. Disse “filhos”, mas poderia ter dito “vítimas”. Porque em sua louca cavalgada antidemocrática eles foram intoxicados mentalmente pelo que a mídia deu nestas últimas semanas. Eles pareciam saídos das páginas da Veja e dos comentários de gente como Jabor. Pediam o impeachment de Dilma pelo caso Petrobras. São os efeitos colaterais da capa criminosa que a Veja deu às vésperas das eleições. Os manifestantes fora dilmda Paulista tomaram aquilo como uma verdade indiscutível. Isso mostra que é necessário aplicar uma punição exemplar à Veja. É uma tentativa de golpe branco fazer o que a revista fez – sem uma única prova – em cima de uma eleição tão disputada. A Veja tem que enfrentar – rapidamente — as consequências do que fez. Ou vamos esperar que um lunático, inspirado pela revista, comece a matar petistas? A mídia está também por trás do disparatado pedido de auditoria de votos feito pelo PSDB. Os tucanos só fizeram isso por saberem que têm as costas quentes com a imprensa. Ou então se refreariam antes de atentar contra as instituições com um pedido tão esdrúxulo. As dúvidas fora dilnão resistem a um minuto de reflexão. Considere. O Datafolha deu, na véspera, 52% a 48% para Dilma. A diferença ficou nos decimais: 51,64% versus 48,36%. A desconfiança nasce também, assinale-se, de trapaças do PSDB não devidamente cobradas pela mídia. Aécio usou dados enganosos de uma pesquisa do instituto Veritás que lhe dava ampla vantagem em Minas, onde perdera no primeiro turno. O dono do Veritás avisou que era um erro, ou crime, utilizar os números que Aécio brandiu publicamente, nos debates, contra Dilma. O estatístico também. E mesmo assim Aécio não se deteve. O que pensa um fanático antipetista quando vê uma coisa dessas? Num dia, numa pesquisa, seu candidato está ganhando amplamente em Minas. No dia foradiseguinte, no mundo real, o candidato perde. Farsa, é a conclusão. E a frustração se converte em raiva depois que analistas afirmam que Aécio perdeu a presidência por causa dos votos que não teve em Minas. Manifestações como a de hoje mostram como a sociedade está sendo agredida por uma mídia interessada apenas na manutenção de seus formidáveis privilégios. Pensava-se que o ataque da mídia à democracia cessaria com as eleições. Não cessou. É hora de o Estado proteger a democracia, antes que seja tarde demais. 

fonte: diáriodocentrodomundo

 

O Brasil vendeu a Copa para a FIFA


anigifvexame
Talvez, isso explique a razão do jogador Thiago Silva ter declarado a seguinte frase: 
“Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo de 2014, ficariam enojadas!”. Todos os anti-nazistas ficaram chocados e tristes por assistir a maneira como o Brasil perdeu a Copa. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e a VEJA e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos. Fato comprovado: O Brasil VENDEU a copa do mundo para a Fifa. 451868724Os jogadores titulares brasileiros foram avisados, às 08:00 do dia 4 de Julho (dia do jogo de quartas de final), em u
ma reunião envolvendo o Sr. José Maria Marin (na única vez que o presidente da CBF compareceu a uma preleção da seleção), o Técnico Luis Felipe Scolari, o Sr. Carlos Alberto Parreira, supervisor da seleção, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. 
A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o hexa-campeonato mundial por um grande valor em dinheiro. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através da empresa Nike. Além disso, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos próximos 4 anos terão as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o Neymar, Rooney, da Inglaterra, Batistuta, Sneijder, da Holanda e Dempsey, dos Estados Unidos. Mesmo assim, Neymar se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Felipão a escalar o jogador Bernard, dizendo que Neymar estava com problemas simples nas costas (em primeira notícia divulgada às 15:30 no centro de imprensa) e, logo depois, às 16:15, alterando o prognóstico para quebra de vértebra). A sua situação só foi resolvida após o representante da Nike ameaçar retirar seu patrocínio vitalício ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa milhões de dólares) ao longo da sua carreira. Assim, combinou-se que o Brasil seria derrotado durante a cobrança de pênaltis, porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que a Alemanha, que absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em cinco falhas simples do time brasileiro, os primeiros gols. O Sr. Joseph Blatter, presidente da Fifa, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez que o campeonato 20140611204704!Russia_2018_Interim_Markmundial trouxe equilíbrio à Alemanha num momento de crise jamais registrada naquele país, com crescente xenofobia e o reaparecimento do nazismo. Garantiu, também, ao Sr. Ricardo Teixeira, através de seu tio, João Havelange, que o Brasil teria seu caminho facilitado para o hexa campeonato de 2018. Passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o futebol!

Fonte: Forum Esporte Uol

O Brasil é uma piada

travel_03_1_temp-1387891461-52b98b05-620x348

Se você ainda não sente VERGONHA DE SER BRASILEIRO, leia isso:

O Brasil é a piada do momento em toda a face da Terra

O mundo inteiro está contando piada de brasileiro e você nem sabe. Os brasileiros, em sua grande maioria, se acham os donos do pedaço quando na verdade são burlescos e uma grande vergonha mundial, especialmente após as últimas manchetes a respeito da nossa corrupção, da Copa de 2014 e das Olimpíadas 2016. 

E não é só pelo motivo da Copa, da corrupção ou das Olimpíadas. É pela própria tradição da desordem do país. Que o país deu um grande salto em sua economia é fato, mas a tradição mundial ainda nos posiciona no Terceiro Mundo. Pertencemos ao BRICS (Brasil-Rússia-Índia-China-África do Sul), que é o grupo de países emergentes. Até a China que se tornou recentemente a número um em exportações mundiais ainda é emergente. E ser um país emergente não significa ter todos os problemas internos solucionados. Os países emergentes ainda estão distantes das melhores colocações mundiais do IDH. Por mais que tenhamos alcançado boas colocações em alguns setores de desenvolvimento, ainda temos uma infra-estrutura frágil. E para complicar o brasileiro é, por natureza, desorientado nas questões políticas. Quer um exemplo? Com todas as manifestações que temos visto sabemos que há grande insatisfação popular que, propositalmente, coincide com o advento do Mundial de Futebol exatamente por estarmos assistindo a um dos maiores escândalos de corrupção sem que, ao menos, os corruptos tentem se esconder. Com tantas obras superfaturadas, com toda essa montanha de dinheiro investido em estádios de futebol luxuosos e inteligentes, o povo percebeu alguma coisa errada. Que todo esse volume financeiro não era necessário. Que tudo custou muito caro e por mais que tenha qualidade não justifica seu valor estratosférico. Não direi que o gigante acordou, mas algo o incomodou bastante. Mas basta que os Black Blocs dêem um tempo desaparecendo do cenário na hora nobre, dando a entender que “deu uma acalmada”, para todo mundo esquecer esse papo. Me pergunto: como é possível esquecer? A impressão que dá é que, no Brasil, ainda é possível subir em um palanque, dizer meia dúzia de palavras extraídas do Aurélio, incorporar um santo popular e esbravejar aos quatro ventos fingindo ser o salvador da humanidade para ser eleito democraticamente. Ora, o brasileiro mal sabe dos ministérios do Brasil, muito menos de seus ministros. A Voz do Brasil, um programa de rádio com obrigatoriedade de exibição diária e em cadeia, é ridicularizada pela turba verde e amarela ao passo que, nas universidades do país, é recomendada pelos professores mais respeitados exatamente por seu conteúdo abranger os fatos mais relevantes da política nacional. E o brasileiro, que sempre desligou o botão de seu “radinho” por décadas habituou-se a se alienar de tudo. Agora então, em vias de receber a internet popular de presente do governo do Brasil, o que é muito bom na medida em que as operadoras viabilizarem planos coerentes, o brasileiro terá a oportunidade de conhecer o mundo inteiro à partir de seu sofá. Pode ser até que ele descubra que o seu mundo particular já era muito bem conhecido lá no exterior sendo burlesco, um motivo de chacota internacional. Se aprender alguma língua estrangeira então, vai ler e saber que os nossos produtos com maiores volumes de exportação, e que nos fazem famosos em todo o Planeta, é jogador de futebol e prostituta. Certamente você vai se perguntar: “isso é alguma piada?” Precisa responder? Então veja este site.

Petrobras pode falir em 2 anos

Posted in BRASIL, ECONOMIA, EUA, MUNDO, OPINIÃO, PERDENDO A RAZÃO, POLÍTICA, PROTESTOS NO BRASIL by dibarbosa on 16 de abril de 2014

Uma publicação de um blog em 15 de abril de 2014 afirma que a Petrobras é a empresa mais endividada do mundo e corre risco de falir nos próximos 2 anos.

compartilhar no facebook

Petrobras é a empresa mais endividada do mundo e corre risco de falir nos próximos 2 anos

Segundo o blogueiro, a Petrobras, que vem passando por graves problemas e está na mídia nos últimos meses, corre risco até mesmo de falir. A publicação acrescenta que a empresa é a mais endividada do mundo atribuindo esta afirmação à uma pesquisa realizada junto ao Bank of America Merril Lynch onde possui dados recentes sobre o endividamento da estatal, o qual foi divulgado pela própria Petrobras em agosto de 2013 e relata uma dívida líquida de R$ 176,280 bilhões. Ainda, o Blog Revolta Brasil envolve o jornal Financial Time dizendo que este fez uma matéria onde relata que o governo do Brasil, com seu intervencionismo na estatal está transformando a Petrobras numa bomba relógio que pode explodir a qualquer momento, e que a consultoria norte-americana Macroaxis afirma que a possibilidade da empresa decretar falência nos próximos dois anos é de 32,4%.

Uma coisa é certa e estamos de acordo com a afirmação do blogueiro ao afirmar que a explosão destes escândalos só tem piorado a imagem da Petrobras junto aos seus investidores. O BRV salienta que o valor de mercado da PETROBRAS caiu 50% desde 2010 e a empresa enfrenta a pior crise de sua história, e que o valor atual da estatal é de R$ 179 bilhões, enquanto em 2010 era de R$ 380 bilhões. Até mesmo o comentarista fidelizado pela Rede Globo de Televisão, Arnaldo Jabor, entrou no ar dizendo que a PETROBRAS tem sofrido com o governo do Brasil que a utiliza para “tampar buracos” de outros setores e com isso o PT destrói a si mesmo, ao Brasil e a Petrobras. Nas palavras de Arnaldo Jabor “este governo está destruindo a si mesmo, ao Brasil e a Petrobras”dilma-rindo obama e chines

De fato, como o blog ainda publicou no fechamento de sua matéria, há, atualmente uma batalha política para definir a abertura ou não de uma CPI para investigar os escândalos envolvendo a estatal que tem por foco principal a investigação da compra da refinaria de Pasadena nos EUA, que gerou prejuízo de mais de U$1bi para a empresa e o governo brasileiro quer vetar de todas as formas ao tentar impedir ofuscando as investigações e ludibriando a todos colocando outros temas para serem investigados juntamente com a Petrobras, como o caso do superfaturamento dos metrôs. Nisso, a oposição tenta uma saída para conseguir que seja instaurada a CPI para investigar exclusivamente a Petrobras. Tudo isso é uma grande lástima e só vem sugerir que os últimos governantes de nosso querido Brasil estão mergulhados até o pescoço neste imenso lamaçal verde e amarelo. Enquanto isso, a imprensa internacional dá sinais ao mundo inteiro de que não somos este país do futuro como pensávamos. Na verdade, somos, para o resto do mundo, uma vergonha eterna desta tão amada terra. Só o que podemos fazer é torcer para que não acabem com os bens de nosso país.

compartilhar no facebook

Uma lei dos EUA permite aos cegos portarem armas de fogo.

Posted in EUA, MUNDO, PERDENDO A RAZÃO by dibarbosa on 9 de setembro de 2013

As autoridades do estado de Iowa nos EUA se encontram diante de uma nova polêmica social. Vários cegos obtiveram permissão para portar e usar armas de fogo em lugares públicos.

De acordo com o jornal DesMoinesRegister quatro condados emitiram licenças para portadores de deficiência visual e cegos, o que é permitido de acordo com emendas legislativas de 2011.

“Ainda que cegos possam participar da maioria das experiências na vida, portar armas de fogo pode ser uma das poucas excessões. Nenhuma lei afirma que a pessoa tem que enxergar para usar revólveres, pistolas, rifles, etc.“, disse o diretor de uma escola de braille, Patrick Clancy.

Bem… Que os EUA parecem cegos, com todas as investidas no planeta, atirando para todos os lados, disso todo mundo já sabia.

%d blogueiros gostam disto: