Urbs Magna

VIDEO NOVO DA EXPLOSÃO NA BR-277

Posted in NEWS by dibarbosa on 31 de agosto de 2016

Seis pessoas morreram após explosão do caminhão-tanque que trafegava a 123,6 km/h em direção a Paranaguá em julho. Imagens divulgadas hoje.

A velocidade máxima no trecho do km 33 da BR-277 é de 60 km/h, mas é possível ver nestas novas imagens divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR) que o veículo trafegava a mais que o dobro permitido, quando este se desestabilizou na estrada atingindo um veículo à sua frente e a mureta de proteção em seguida. Após isso, o cavalo seguiu arrastando-se pela mureta mas a carreta ultrapassou a pista contrária e atingiu todos os carros que seguiam viagem num raio de trezentos metros. Além das seis pessoas mortas, quatorze ficaram feridas, notícia que causou uma comoção imensa pela história de um pai que salvou sua filha de 15 dias entregando-a a um desconhecido alguns minutos antes de morrer carbonizado.

Neste novo vídeo divulgado hoje, é possível assistir ao desespero de quem se envolveu no acidente, saindo dos carros e correndo pelas margens da via, enquanto um rastro de fogo iluminava a pista. O motorista do caminhão, no entanto, sobreviveu e, em depoimento, disse saber que existia um problema nos freios – falha apontada por peritos. Ele foi preso momentos depois do acidente e, dias depois, pagou fiança e foi solto. Agora ele vai responder, em liberdade, por crime de homicídio doloso com dolo eventual. – quando o autor assume o risco de matar – e a empresa dona do caminhão será responsabilizada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: