Urbs Magna

10 alimentos que não devem ser guardados na geladeira

Posted in ALIMENTAÇÃO, SAÚDE by dibarbosa on 23 de maio de 2016

Certamente você guarda comida em sua geladeira para que não se deteriorem, mas saiba que isso não pode ser aplicado a todos os alimentos.

Sabemos que a temperatura atua como uma barreira para impedir a multiplicação de micróbios e a produção de toxinas. Costumamos guardar carnes, vegetais e hortaliças na geladeira. Todos fazem isso. Mas temos que entender as propriedades de alguns alimentos antes de resfriá-los.

Com o fim de prevenir enfermidades, além de preservar as propriedades nutricionais dos alimentos conservando-os por mais tempo, é necessário aprender como guardá-los corretamente. Por isso, preparamos uma lista com 10 alimentos que não podem entrar na geladeira. Nunca:

1. Tomates. Ao resfriá-los, seu sabor e consistência diminuem. E ainda que você os cozinhe, suas propriedades estarão alteradas. Melhor é guardá-los na gaveta enquanto estão um pouco verdes e consumí-los quando estiverem maduros porque estarão em seu melhor momento para o consumo.

2. Manjericão. Este arbustinho ama o calor. Acondicioná-lo em lugares frios fará com que murche prematuramente. O melhor a fazer é conservá-lo, ainda como arbusto, em recipiente com água fresca que pode ser trocada com frequência, além de protegê-lo da luz solar direta.

3. Batatas. O melhor lugar para guardá-las tem que ser húmido, e não frio, uma vez que este vegetal converte seu amido em açúcar alterando sua composição, sabor e textura. Guarde as batatas em sacolas de papel dentro da gaveta do armário de cozinha.

4. Cebolas. A falta de ar livre e fresco no refrigerador provoca o apodrecimento das cebolas, ainda mais se estão perto de outros alimentos como as batatas. Para que se mantenham em bom estado, as cebolas devem ser ‘curadas’, ou seja, suas cascas dever ser retiradas e seu armazenamento deve ser em ambientes secos.

5. Abacates. Uma vez que estes frutos não amadurecem até que sejam colhidos, colocá-los na geladeira interromperia este processo. A melhor coisa a fazer é envolvê-los em papel e armazená-los em locais quentes até que estejam no ponto.

6. Melancia. Tanto esta fruta quanto o melão perdem seus níveis característicos de antioxidantes quando são resfriados. Quando comprar melancia, o mais aconselhável é que seja consumida prontamente ou, se não, mantê-la em local fresco e seguro contra choques físicos por poucos dias.

7. Mel. Seu pH e açúcar já mantêm os microorganismos controlados e, assim sendo, não é necessário resfriá-lo, mesmo porque fazê-lo pode provocar a cristalização. Recomendam-se que se deve mantê-lo em recipiente bem fechado, em temperatura ambiente e em local seco.

8. Futas tropicais (abacaxi, banana, mamão). As baixas temperaturas anulam as enzimas de maturação, além de que suas polpas ficam pastosas e suas cascas se tornam escuras. Tais frutas estão acostumadas ao calor e não convém armazená-las abaixo dos 10ºC.

9. Pão. O frio da geladeira faz com que sua frescura seja perdida e o alimento seca rapidamente. Mas se desejar convervá-lo por muitos dias, aconselha-se que este seja envolvido em recipiente adequado, ou película, dentro de seu refrigerador até o momento de consumí-lo – após descongelá-lo à temperatura ambiente.

10. Azeite de oliva. Guardá-lo em baixas temperaturas fará com que seja convertido em pasta similar à manteiga. Por isso, conserve-o em local fresco e escuro.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre alimentos e suas propriedades, desejamos-lhe saúde e bom apetite.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: