Urbs Magna

Uma armadilha brilhante para matar ovos do Aedges aegypti

Posted in BRASIL, SAÚDE by dibarbosa on 10 de abril de 2016

Se mosquitos gostam de se reproduzir dentro de pneus velhos então porque não usar isso contra eles?

ovillantaPesquisadores canadenses e mexicanos desenvolveram uma armadilha para o mosquito mais famoso dos últimos tempos. Contra o Aedes aegypti, os testes de campo com a arapuca já mostraram sua eficácia. A Ovillanta foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade Laurentian com a ajuda do Instituto Nacional do México de Saúde Pública.

Esta armadilha Low-Tech para matar mosquito ovos é brilhante

A armadilha para destruir os ovos do inseto que transmite a dengue e o zika recorre ao odor do próprio Aedes aegypti para atrair as fêmeas. É construída com pneus de carro descartados, cortados e montados em formato de boca onde é adicionado um fluido leitoso não tóxico – a feromona – cuja concentração aumenta com o tempo tornando seu poder de atração muito eficaz. O líquido se concentra em uma tira de papel ou madeira onde a fêmea põe os ovos, a qual é removida duas vezes por semana sendo os ovos destruídos com fogo ou com etanol.Esta armadilha Low-Tech para matar mosquito ovos é brilhante

Concluiu-se que a ovillanta é sete vezes mais eficaz do que as armadilhas habituais feitas com baldes de um litro. O estudo durou quase um ano e destruiu mais de 18.100 ovos deAedes aegypti por mês através de 84 ovillantas espalhadas em sete bairros da cidade de Sayaxché, Guatemala, que concentra 15.000 habitantes, onde notadamente não foram observados novos casos de dengue.

Sabemos hoje que 0 Aedes aegypti transmite o Zika, a dengue, a chikungunya e a febre-amarela e são dificílimos de controlar. Só o Brasil já registrou mais de um milhão e meio de casos de Zika em um surto que afeta atualmente toda a América do Sul. O mosquito existe em 130 países e, na maioria dos casos, provoca apenas sintomas gripais benignos. No entanto, o vírus tem sido associado a casos de microcefalia, doença em que os bebés nascem com o crânio anormalmente pequeno e déficit intelectual, e a casos de Síndrome Guillain-Barré, uma doença neurológica grave.

Imagem: Daniel Pinelo

 

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: