Urbs Magna

De volta, Anderson Silva bate Nick Diaz no UFC 183

Posted in BRASIL, ESPORTES, EUA, MUNDO by dibarbosa on 1 de fevereiro de 2015

013115-UFC-back-in-business-2-LN-PI.vresize.1200.675.high.48Por THE ASSOCIATED PRESS 01 DE FEVEREIRO DE 2015

O SPIDER ESTÁ DE VOLTA!

LAS VEGAS Talvez Anderson Silva não seja mais o mesmo Spider. Após 13 meses fora com uma perna quebrada, uma vitória confortável sobre o oponente insultor foi o suficiente para fazê-lo cair em lágrimas. Silva ganhou por decisão unânime em sua luta de retorno sábado à noite, derrotando Nick Diaz no UFC 183.

Silva (34-6) desferiu a maioria dos golpes contra Diaz controlando uma luta que ocorreu coincidentemente no MGM Grand Garden Octagon, mesmo lugar onde ele quebrou sua perna com um chute no joelho do campeão dos médios Chris Weidman em dezembro de 2013. Depois de meses de reabilitação e treinamento, Anderson Silva, 39, ainda não se parece com o velho campeão que deteve o cinturão de 185 libras por sete anos que ganhou o apelido por sua capacidade atlética incomparável . No entanto, ele não teve muita dificuldade para deter Diaz (27-10-1), que não pôde usar sua ofensiva consistentemente .

“Obrigado Deus por me dar mais uma chance”, disse Silva. “Este é um momento muito importante para mim. Eu passei por muito sofrimento no ano passado. Pensei que eu não seria capaz de voltar.” Silva chorou de alívio quando a decisão foi anunciada. Em uma luta que mostrou muita arte, às vezes Diaz atormentava Silva com gestos cada vez mais elaborados, e ao mesmo tempo desafiava-o para a briga. “Eu senti como se estivesse em vantagem na maior parte do tempo”, disse Diaz.”Eu não sei como ele ganhou. Todos os rounds eram meus … mas esses juízes, eles não gostam de minha atitude fora do ringue.”

“Eu vou voltar para a minha família, a minha casa, falar com os meus filhos”, disse Silva, quando questionado sobre o seu futuro. Ele havia ganhado 10 títulos ao longo de sete anos se tornando o campeão mais dominante do UFC, até Weidman detê-lo em julho de 2013. Sua revanche terminou com a perna quebrada de forma grotesca e necessitou de cirurgia antes que pudesse voltar. No entanto, ele nunca vacilou publicamente em sua determinação para voltar à luta, mesmo que fosse contra os desejos de sua esposa e cinco filhos. Ele voltou a treinar no ano passado depois de aceitar essa luta com Diaz, o ex-campeão dos médios do Strikeforce.

Embora ambos os lutadores sejam conhecidos por suas palhaçadas, além de suas habilidades, poucos previram o primeiro round. Diaz esperou 20 segundos para atacar Silva e acertá-lo. Ele, então, estendido sobre a tela, ficou imóvel, e ficou apoiado por todo o caminho de volta até a cerca com um encolher de ombros. Silva entrou em ação com uma série de golpes no final do primeiro round, enquanto Diaz ficava, gradualmente, mais sério. O Campeão meio-pesado Jon Jones levantou-se no meio da multidão quando Silva voltou ao seu banquinho, exortando-o a respirar profundamente.

Diaz manteve suas palhaçadas no segundo round e Spider mostrou aumento da confiança em seus chutes. Manteve a ofensiva e Diaz, suas provocações nas três rodadas finais. Diaz abriu o quinto round agachando-se e dizendo: “Vamos lá, um golpe ” e Anderson se manteve circulando. Centenas de fãs brasileiros de Anderson Silva embalaram Las Vegas com um show à parte elevando cânticos em língua portuguesa ao longo da noite.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: