Urbs Magna

O Colapso dos EUA em 2013

Posted in ECONOMIA, EUA, GEOGRAFIA, MUNDO, POLÍTICA by dibarbosa on 9 de outubro de 2013

OS ESTADOS UNIDOS ESTÃO FALINDO? O IMPÉRIO MUNDIAL VAI MESMO RUIR? COMO OS AMERICANOS PODERÃO ENCONTRAR UMA SOLUÇÃO PARA SUA ECONOMIA SEM TER QUE APELAR PARA AS GUERRAS?

Os Estados Unidos estão vivendo um declínio econômico catastrófico. Você que está buscando dados que possam comprovar o burburinho sobre a economia da superpotência número um do mundo, sim, isso é verdade. E, lamentavelmente, é um resultado esperado por muitos ante uma triste previsão decorrente de décadas de decisões políticas extremamente ruins.

Para ter uma ideia, a dívida nacional dos EUA, que era de 1 trilhão de dólares há 30 anos atrás, hoje é de quase 17 trilhões de dólares. E o montante total da dívida que há 40 anos foi de 2 trilhões de dólares, está em mais de 56 trilhões de dólares. Ao mesmo tempo, parece que os americanos estão perdendo a capacidade de produzir riqueza. Desde 2001, os Estados Unidos perderam mais de 56 mil instalações de produção e, com isso, milhões de bons empregos foram transferidos para o exterior. Sua participação no PIB mundial caiu de 31,8% em 2001 para 21,6% em 2011, uma diferença de mais de 10%.  Pra complicar ainda mais, o percentual de americanos que trabalham por conta própria está em baixa, e o número de cidadãos que passaram a depender de bolsas cedidas pelo governo subiu assustadoramente.

Em resumo, a economia dos EUA está uma bagunça total, e gradativamente seu povo começa a conhecer a verdade para enfrenta-la. Até mesmo blogueiros americanos começam a disponibilizar uma infinidade de material com anexos de links que comprovam suas postagens sobre a fortaleza que inicia sua deriva num mar de areia movediça. Dizem que quanto mais tentam se salvar, mais afundam na lama. A seguir são apresentadas 40 provas e acusações do que se está falando deste naufrágio americano que, até então, imaginava-se impossivelmente absurdo de se crêr:

  1. Em 1980, a dívida nacional dos EUA foi de menos de um trilhão de dólares e hoje está se aproximando rapidamente dos 17 trilhões de dólares.
  2. Durante o primeiro mandato de Obama, o governo federal acumulou mais dívidas do que com os primeiros 42 presidentes dos EUA juntos.
  3. A dívida nacional dos EUA é, agora, mais de 23 vezes maior do que era quando Jimmy Carter tornou-se presidente.
  4. Se os EUA começarem a pagar apenas sua dívida mais recente (acumulada durante a administração Obama) a uma taxa de um dólar por segundo, a quitação ocorreria dentro de 184 mil anos.
  5. O governo federal americano está roubando mais de 100 milhões de dólares de seus filhos e netos a cada hora de cada dia.
  6. Em 1970 o montante total da dívida nos Estados Unidos (a dívida do governo + dívida de negócios + dívida do consumidor, etc) foi de menos de 2 trilhões de dólares. Hoje é de mais de 56 trilhões de dólares.
  7. De acordo com o Banco Mundial, o PIB dos EUA representaram 31,8 por cento de toda a atividade econômica global em 2001. Esse número caiu para 21,6 por cento em 2011.
  8. Os Estados Unidos têm caído no ranking de competitividade da economia global compilado pelo Fórum Econômico Mundial há quatro anos seguidos.
  9. Segundo The Economist, os Estados Unidos eram o melhor lugar do mundo para se nascer em 1988. Hoje, os Estados Unidos apenas empatou em 16 º lugar.
  10. Incrivelmente, mais de 56 mil instalações fabris nos Estados Unidos têm fechado definitivamente suas portas desde 2001.
  11. Há menos americanos que trabalham em fábricas hoje do que havia em 1950, apesar da população do país ter dobrado.
  12. De acordo com o New York Times, já existem cerca de 70 mil edifícios abandonados em Detroit.
  13. Quando NAFTA foi empurrado pelo Congresso em 1993, os Estados Unidos tiveram um superávit comercial com o México de US$1,6 bilhões. Em 2010, tivemos um déficit comercial com o México de US$61,6 bilhões.
  14. Em 1985, o déficit americano comercial com a China foi de cerca de US$6 milhões para o ano inteiro. Em 2012, o mesmo déficit comercial com a China foi nada menos do que US$315 bilhões. O maior déficit comercial de uma nação com outra em toda a história.
  15. Em geral, os Estados Unidos têm um déficit comercial de mais de US$8 trilhões com o resto do mundo desde 1975.
  16. De acordo com o Instituto de Política Econômica, os Estados Unidos estão perdendo meio milhão de empregos para a China a cada ano.
  17. Em 1950 mais de 80% de todos os homens nos Estados Unidos tinham empregos, o que hoje caiu para menos de 65%.
  18. Hoje, espantosamente, 53% de todos os trabalhadores norte-americanos ganham menos de US$30.000 por ano.
  19. Pequenas e médias empresas estão falindo muito rapidamente nos Estados Unidos. Apenas cerca de 7% de todos os trabalhadores não-agrícolas dos Estados Unidos são autônomos. Essa baixa é um recorde de todos os tempos.
  20. Em 1983, 95% dos assalariados dos Estados Unidos tinham 62 centavos de dívida para cada dólar que ganhou. Em 2007, esse número tinha aumentado para 1,48 dólares.
  21. Nos Estados Unidos, hoje, o mais rico de 1% de todos os americanos têm um maior valor líquido que os 99% restantes juntos.
  22. De acordo com a Forbes, os 400 americanos mais ricos têm mais riqueza juntos do que todo o restante do povo com economia ativa, o que representa  150 milhões ao mesmo tempo.
  23. Os seis herdeiros do fundador do Wal-Mart, Sam Walton, têm tanta riqueza quanto a parte inferior de 1/3 de todos os americanos juntos.
  24. De acordo com o Census Bureau, mais de 146 milhões de americanos são “pobres” ou têm “baixa renda”.
  25. Ainda, de acordo com o Census Bureau, 49% de todos os americanos vive em uma casa que recebe benefícios monetários diretos do governo federal. Em 1983, menos de um terço de todos os americanos viviam em uma casa que recebeu benefícios monetários diretos do governo federal.
  26. O governo federal tem cerca de 80 diferentes programas de benefícios para a população e mais de 100 milhões de americanos estão matriculados em pelo menos um deles.
  27. Em 1965, apenas um em cada 50 americanos estava no Medicaid, um sistema de saúde americano para pessoas de baixa renda. Hoje, um em cada seis americanos já está inscrito no plano e as coisas estão prestes a ficar muito pior. Está previsto que o Obamacare, que na verdade é a reforma do seguro social americano denominado Affordable Care Act, criado para uma abrangência ainda maior e assinado por Barack Obama em 2010, vai adicionar mais 16 milhões de norte-americanos  ao benefício.
  28. Assim, como foi dito no item anterior, está previsto que o número de americanos no Medicare irá crescer de 50,7 milhões em 2012 para 73,2 milhões em 2025.
  29. Portanto o Medicare funcionará passivo e descoberto em mais de 38 trilhões de dólares ao longo dos próximos 75 anos, pois representa aproximadamente 328.404 dólares para cada família nos Estados Unidos.
  30. Atualmente existem cerca de 56 milhões de americanos usufruindo dos benefícios da Previdência Social. Em 2035, esse número deverá subir para espantosos 91 milhões.
  31. O Sistema de Segurança Social estará operando com um déficit de 134 trilhões de dólares ao longo dos próximos 75 anos.
  32. O número de norte-americanos com déficit de Segurança Social já ultrapassa toda a população da Grécia , e o número de norte-americanos com vale-refeição já ultrapassa toda a população da Espanha.
  33. De acordo com um relatório recentemente publicado pelo Centro de Pesquisas Pew, em média os americanos com idade superior a 65 anos têm 47 vezes mais riqueza que os americanos com idade inferior a 35 anos.
  34. Famílias norte-americanas que têm como chefe alguém abaixo dos 30 anos de idade têm uma taxa de pobreza de 37 por cento.
  35. A taxa para a casa própria nos Estados Unidos está agora em seu nível mais baixo em quase 18 anos.
  36. Existem hoje 20,2 milhões de norte-americanos que gastam mais da metade de sua renda com habitação. Isso representa um aumento de 46% a partir de 2001.
  37. Aproximadamente 45% de todas as crianças de Miami estão vivendo na pobreza, mais de 50% em Cleveland, e cerca de 60% em Detroit.
  38. Mais de um milhão de estudantes de escolas públicas dos Estados Unidos estão sem teto. Inédito em toda a história dos EUA.
  39. Quando Barack Obama entrou pela primeira vez na Casa Branca, cerca de 32 milhões de americanos utilizavam vale-refeição. Agora, mais de 47 milhões o utilizam.
  40. De acordo com um cálculo, o número de americanos com vale-refeição já ultrapassa as populações combinadas do Alaska, Arkansas, Connecticut, Delaware, Columbia, Havaí, Idaho, Iowa, Kansas, Maine, Mississippi, Montana, Nebraska, Nevada , New Hampshire, Novo México, Dakota do Norte, Oklahoma, Oregon, Rhode Island, Dakota do Sul, Utah, Vermont, Virgínia Ocidental e Wyoming.

Fontes: blogs americanos

Anúncios

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] Fontes: https://urbsmagna.wordpress.com/2013/10/09/a-verdade-sobre-o-colapso-da-economia-dos-eua/ […]

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: