Urbs Magna

Com Moto X, o novo smartphone da Google entra em um mercado lotado

Posted in MUNDO, TECNOLOGIA, TENDÊNCIAS by dibarbosa on 2 de agosto de 2013
Novo telefone da Motorola: Mobility, o Moto X, reflete o desejo da empresa de mudar a maneira como as pessoas usam smartphones. Duas voltas de pulso, segurando o telefone, por exemplo, vai abrir a câmera do dispositivo.

Novo telefone da Motorola: Mobility, o Moto X, reflete o desejo da empresa de mudar a maneira como as pessoas usam smartphones. Duas voltas de pulso, segurando o telefone, por exemplo, vai abrir a câmera do dispositivo.

Chegou o momento para o Google, o rei de pesquisa on-line, para mostrar se tem algum hardware top de vendas. Depois de resultados de venda de dispositivos decepcionantes feitas por outras empresas, o Google tenta novamente com um hardware – desta vez um smartphone desenvolvido por uma empresa do grupo. Na quinta-feira, a Motorola Mobility, a fabricante de celulares que a Google comprou no ano passado por 12,5 bilhões de dólares, apresentou o Moto X, primeiro dispositivo principal da empresa desde o acordo.
O telefone tem todas as características padrão esperadas de smartphones top, com um diferencial: o controle do aparelho, enquanto se conversa ao fone, sem mover um dedo.
Os riscos são grandes para o Google, e não só por causa do preço alto que pagou para a Motorola. A Google é extremamente rentável, mas seu crescimento está em declínio devido a atrasos de vendas de anúncios. Alcançar o sucesso com o novo telefone pode levar a uma nova fonte de renda e uma forma de conseguir mais usuários para visualizar os anúncios da empresa.
A empresa tem sido agressiva e contratou um alto executivo famoso no passado. Dennis Woodside estará no comando da Motorola, que teve milhares de trabalhadores demitidos com muitos dos quais será formada uma nova equipe. Um grande esforço de marketing está previsto para o Moto X.
“Eu acho que nós criamos uma empresa incrível”, disse Arshad Iqbal, vice-presidente sênior da Motorola Desenvolvimento de Produto Global. “E Moto X é compatível com o que somos.”
Ainda assim, as vendas poderão estar em uma ascenção elevada. O smartphone, que tem múltiplos processadores, sensores e controles de voz, está vindo diretamente para um mercado brutalmente competitivo para o ramo. E o Google tem muito a provar antes de ser levado a sério como um fabricante de hardware.
Os executivos da Motorola disseram que têm muitas coisas especiais a realizar com Moto X, cujas vendas em todas as grandes operadoras de telefonia americanas começarão no final de agosto ou início de setembro. Ele tem uma tela de 4,7 polegadas sensível ao toque, o que o posiciona como menor que o iPhone 5 e maior que o Galaxy S4 da Samsung. Ainda, tem uma câmera sofisticada e conexões de alta velocidade.
Mas o que faz os executivos esperarem que o Moto X se destaque é a sua capacidade de comando de voz. O novo smartphone continuamente ouvirá a voz de seu dono e reagirá rapidamente aos comandos. Alguém poderá dizer “OK, Google, agora eu quer encontrar o caminho de casa” e, rapidamente, um mapa Google com direções para casa se abrirá. O telefone aprenderá a conhecer a voz de seu utilizador e responderá apenas a ele. Algumas pessoas poderão achar isso assustador, mas é um recurso apenas opcional para o usuário.
Os executivos do Google por muito tempo disseram que os computadores do futuro poderiam estar tão integrados ao nosso cotidiano que poderiamos pedir-lhes para fazer as coisas sem levantar um dedo. O Moto X é um grande passo nessa direção.
Mr. Arshad disse que a empresa tinha que desenvolver um novo sistema de computação denominado de “X8” para fazer o Moto X funcionar bem. Um processador de baixa potência é dedicado à linguagem. Outro, também de baixa potência, funcionará para a detectar movimentos de sensores – duas voltas do pulso vai abrir a câmera do telefone, por exemplo. Além disso, o sistema do smartphone permite que o usuário seja correspondido prontamente às suas entradas respondento rapidamente sem esgotar a bateria constantemente que, estima-se, durará 24 horas após a manipulação de várias tarefas.
“Queremos mudar a forma como as pessoas nos chamam e como elas navegam”, disse Arshad.
Ainda assim é preciso mais do que empenho cuidadoso para ganhar espaço no setor de telefonia. Samsung e Apple dominam o mercado, e alguns fabricantes asiáticos como a Huawei e ZTE estão vendendo smartphones de baixo custo e ganhando terreno rapidamente em mercados economicamente desfavorecidas.
Tero Kuittinen, analista de telecom na Alekstra, disse que o momento não era favorável para o Google entrar neste mercado “high-end” de smartphones. O negócio de smartphones ainda está em expansão – no segundo trimestre deste ano, cresceu 52% em comparação com o ano passado, de acordo com a empresa de pesquisa IDC. Por exemplo, o novo smartphone da HTC, o chamado One, e novo telefone do BlackBerry, o Z10, receberam boas críticas, mas ainda vendem muito pouco.
Mr. Kuittinen disse que após a Google comprar a Motorola, matou sua linha de celulares de baixo custo e “migrou para os high-end, justamente quando este mercado perdeu gás.” “Eles realmente perderam força, bem como distribuição, espaço de prateleira e tudo mais.”
A Google também tem um histórico irregular de vendas de hardware. O Nexus Q, um player de mídia de streaming introduzido no ano passado, foi extinto há pouco mais de um mês após seu lançamento, marcado por críticas ruins.
Outro dispositivo, o Google Glass, ainda não está disponível ao público em geral, embora tenha sido já objeto de ridículo em público. Já o Chromecast, para ficar conectado a uma TV e permitir que as pessoas assistam ao vídeo on-line, está recebendo críticas positivas de escritores de tecnologia e parece ter fortes vendas.
Chetan Sharma, um analista independente de telecomunicações que faz consultoria para as operadoras, disse que é improvável que os clientes migrem para o Moto X. Muitas pessoas estão acorrentadas aos planos familiares e não serão capazes de se atualizarem para um novo telefone.
“Com isso, apenas uma pequena parte dos consumidores top comprarão um telefone novo,” disse.
Mas os executivos da Motorola disseram que Moto X é apenas o começo. A empresa planeja oferecer um amplo portfólio de produtos. Moto X é um telefone high-end, mas a empresa vai apresentar um smartphone de baixo custo neste ano, disse Rick Osterloh, vice-presidente sênior de gerenciamento de produto.
A Motorola também podem contribuir para os esforços do Google em tornar os computadores vestíveis, como vidro Google, ou eventualmente um SmartWatch. Mr. Arshad disse que o sistema de computação da empresa X8 fazia parte do objetivo da empresa a longo prazo para tornar os dispositivos móveis mais inteligentes e emplacá-los na próxima geração.
Claire Cain Miller contribuíram com reportagem para o TNYT.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: