Urbs Magna

Limão: indispensável para sua excelente saúde

Posted in ALIMENTAÇÃO, SAÚDE by dibarbosa on 16 de junho de 2013

O limão é um alimento que não é muito consumido pela população, mas este tem propriedades medicinais e protege contra gripes e constipações. Devido ao seu poder adstringente (detergente), bactericida, fungicida, antibiótico e clareador, é considerado o rei dos frutos curativos, pela quantidade e variedade de aplicações.

História do Limão – O limão já é utilizado à muitos anos desde o Egipto Antigo (3150-30 a.C.), onde era utilizado para o processo de mumificação e embasamento. Na Grécia Antiga (776-323 a.C.), o limão destacava-se pelas suas propriedades aromatizantes e muitas vezes como objecto de decoração. No Império Romano (509-27 a.C.) era o fruto cítrico mais consumido pelo Imperador Romano. Esta fruta começou a ser muito consumida pelos árabes, por volta de 1100 d.C., e a partir dai espalhou-se por toda a Europa. Através de uma escavação arqueológica nas ruínas de Pompeia descobriu-se em 1951 uma série de árvores plantadas naquela região, entre elas, o limoeiro. O limão chegou à América através de Cristóvão Colombro em 1493, na sua segunda viagem ao Novo Mundo. Quando chegou à América descobriu-se que o sumo do limão tratava e prevenia o escorbuto. Hoje em dia, os maiores produtores de limão são os Estados Unidos, Itália, Índia e Argentina.

O limão como toda a gente sabe, é uma dos frutos mais azedos, devido à grande quantidade de ácido cítrico na polpa (concentrações de 6% a 7%). Nascido no limoeiro é a fruta mais eficiente na desintoxicação do organismo. Este actua como um detergente destruindo todas as toxinas que encontra pela frente. Também é um antisséptico seguro e natural contra fermentações e por isso é muito recomendando para tratar doenças do sistema digestivo.

É uma das frutas mais ricas em vitamina C, tal como a laranja, só para terem noção apenas 100 gramas de limão contem 85% da quantidade que se deve consumir diariamente dessa vitamina, sendo por isso fundamental para deixar o corpo bem longe de gripes e resfriados.
Para quem não sabe a vitamina C actua a favor do sistema imunológico, estimulando a produção de células de defesa, assim quando o vírus da gripe se começar a espalhar pelo corpo, vai encontrar vários guerreiros de células brancas do sangue para o enfrentar. Para além disto aumenta a resposta dos linfócitos T, que têm a função de coordenar as defesas do corpo contra vírus, bactérias e fungos. Estas atacam as células anormais (tumorais) ou infectadas pelo vírus.

A vitamina C é também fundamental no tratamento e prevenção de problemas ósseos e de anemia, porque actua no metabolismo dos aminoácidos e aumenta a absorção de cálcio e ferro pelos intestinos. Ajuda ainda na produção e manutenção do colagénio, composto que deixe a pele macia e o cabelo sem pontas espigadas.

O limão contem ainda outras vitaminas como a E sendo por isso um poderoso antioxidante e protegendo-nos contra o envelhecimento precoce. Possui ainda vitaminas do complexo B, em 100g encontra-se 25% da necessidade de ingestão diária de B1, que é essencial para manter o sistema nervoso a pleno vapor. Estas vitaminas agem como um catalisador para diversas reacções No caso da B1, dá força participando na transmissão de impulsos nervosos. A falta desta vitamina causa a doença beribéri, caracterizada por perda de peso, distúrbios emocionais, inflamação e degeneração dos nervos, fraqueza e dor nos membros, batimento cardíaco irregular e edemas, insuficiência cardíaca, distúrbios mentais, perda de apetite e de energia, por isso beba um sumo de limão todos os dias, ou use-o para temperar a comida.

Para além da vitamina B1, este também possui grandes quantidades de vitamina B2 que se destina à transformação de moléculas para obtenção de energia (catabolismo) de hidratos de carbono e lípidos, também contem vitamina B3 que actua nas reacções de oxidorredução envolvidas no catabolismo da glicose, ácidos graxos, cetonas corporais e aminoácidos.

Por fim, existe uma quantidade considerável de vitamina P, que é representada por um grupo de substâncias chamadas bioflavonóides, sendo que as mais activas são a citrina, a rutina e a hesperidina, que em conjunto com todas as outras, protegem e tonificam o sistema vascular, ajudando o sistema imunológico e evitando que a vitamina C seja oxidada e perca as funções. Este potencializa a eficácia da vitamina C e actua no fortalecimento dos tecidos capilares e conjuntivos, evitando sangramentos, com os da gengiva; auxilia no processo de cicatrização e no tratamento de edemas; activa a circulação e equilibra as taxas de colesterol, além de aumentar a resistência contra infecções e viroses. Esta vitamina não é produzida pelo corpo, por isso precisa de ser obtida na alimentação. No limão é encontrada na pele branca e na película que envolve os gomos.

Benefícios do Limão

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Use e abuse

O limão é ideal para temperar qualquer alimento, pois esta fruta consegue intensificar o sabor de muitos vegetais, especialmente os que contêm compostos de enxofre, como os brócolos.

O sumo de limão também é uma alternativa para molhos mais saudáveis do que os feitos à base de manteiga, maionese ou óleo, que prejudica o organismo devido à sua gordura.

Temperar os pratos com limão, como a salada ou carnes brancas, também é benéfico pois favorece o melhor aproveitamento do ferro contido nos alimentos e torna menos necessário o uso de sal para acentuar o sabor da comida. Usando menos sal, a pressão arterial e o coração agradecem.

Pode consumi-lo também como limonada, para beber de manhã ou ao lanche. Basta bater o limão com casca no liquidificador, com água gelada, e servir imediatamente. É uma óptima fonte de vitamina C e monoterpenos (moléculas pequenas que penetram em todos os tecidos e células, e tem uma poderosa acção solvente de gorduras), relacionados à prevenção de doenças.

Marinada de Carnes: Marinar significa deixar o alimento, carne, peixe ou legume, absorvendo o tempero por um tempo, antes do seu cozimento. Este processo faz amaciar a carne e acentuar o sabor do alimento. O uso do sumo fresco de limão vai originar uma digestão mais fácil e uma suavidade dos alimentos, do que o vinagre. Para além disto, o uso do limão, com as suas propriedades de alcalinizar e desintoxicar, irá minimizar o efeito negativo que as proteínas de origem animal causam no organismo.

Temperar saladas e legumes: o tempero é fundamental para tornar o alimento mais digestivo, além de ajudar na absorção dos seus sais minerais. Deve associar ao limão temperos naturais e frescos como o alecrim, salsa, cebolinha, cebola, alho, gengibre, manjericão, tomilho, coentros, pimentas, louro, paprica, noz-moscada, etc..

Exemplo de uma falsa maionese: 1 chávena de batatas, 1 chávena de cenouras cozidas e escorridas, ½ chávena de leite desnatado, 1 cebola pequena, 1 colher de sopa de azeite de oliva, suco de ½ limão e sal a gosto. Bater todos os ingredientes no liquidificador.

Cozinhar cereais e vegetais: quando cozinhamos arroz, ensopados, sopas podemos sempre utilizar o sumo fresco do limão. Este faz com que os alimentos fiquem mais digestivos e saborosos, para além de beneficiar a saúde. O ácido do limão vai fixar os sais contidos nos ingredientes da receita. Quando estiver a fazer arroz, adicione sumo de 1 limão durante a fase inicial, ele irá ficar mais solto, saboroso e leve. Quando estiver a cozinhar feijões, alimento que costuma causar gases, o sumo de 1 limão, durante o seu cozimento, irá torná-lo mais digestivo, e reduz futuros problemas de flatulência. Nos ensopados e sopas também pode utilizar sumo de 1 limão no início ou no final, para que fique mais saboroso.

Sumos: o limão deve ser utilizado em todos os sumos, porque a presença do ácido cítrico e da vitamina C vão ajudar a fixar o ferro e outros sais minerais. É também, recomendável que o primeiro limão da receita seja utilizado com a casca.

O sumo perfeito
A melhor forma de preparar o sumo de limão é na liquidificadora, de forma a aproveitar melhor as fibras. Deve lavar bem o limão e descasca-lo, deixando a polpa branca da entrecasca. Corte cada um ao meio, retire as sementes (se tiver) e ponha na liquidificadora. Para tirar melhor proveito das suas propriedades, prepare o sumo de limão com outras frutas, vegetais e folhas verdes, tais como uvas, aipo, hortelã, brócolos, gengibre, couve e farelo de aveia.

Exemplos de sumos:
– Coquetel contra obesidade: passar pela liquidificadora 2 limões (1 inteiro – polpa e casca) e 2 talos inteiros de aipo. Diluir com um pouco de água e servir imediatamente. Tomá-lo em jejum.

– Hortelã e uvas: bater no liquidificador 1 limão (polpa e casca), 1 chávena de folhas e talos de hortelã, 1 chávena de uvas sem sementes e água. Coar e acrescentar uma colher de chá de farelo de aveia. Servir imediatamente.

– Laranja e couve: bater no liquidificador 1 limão inteiro com sumo de 3 laranjas, 2 folhas grandes de couve, 2-3 rodelas de gengibre e 1 colher de chá de sementes de linhaça. Servir imediatamente.

Limão e Vinagre

É muito comum as pessoas perguntarem qual a diferença entre o limão e o vinagre quando ambos podem ser utilizados para temperar a salada, por exemplo. Apesar de terem o mesmo sabor ácido são substâncias muito diferentes.

O limão é um alimento 100% natural e fresco. Associado ao seu sabor ácido, que é proveniente do ácido cítrico e do ácido ascórbico (vitamina C), o limão apresenta ainda uma grande gama de nutrientes e micronutrientes, como já puderam ler.

No caso do seu uso no preparo de carnes e proteínas, o sumo de limão acrescenta uma qualidade positiva, através do seu pH ácido associado a um trabalho enzimático, quebrar parcialmente as cadeias proteicas (os polipeptídeos), auxiliando o trabalho dos órgãos digestivos, tornando os alimentos mais leves e fáceis de digerir.

Já o vinagre não é um produto natural, é o resultado de uma fermentação do açúcar de frutas (uva, maçã, etc..) ou álcool etílico, no qual predomina a presença do ácido acético. Esta fermentação poderá ter sempre riscos de contaminação, fermentações inadequadas, erros de processamento, embalagens inadequadas, validades, etc…

E ainda o ácido acético tem uma pobre utilização metabólica para o organismo humano, causando, ao contrário do ácido cítrico, acidez no meio humoral.Enfim, para quê comprarmos vinagre se temos sempre o limão, em embalagem natural, barato e à nossa disposição durante todo o ano.

Depois de saber os benefícios do limão, não o deve repudiar devido ao seu gosto azedo nem minimizar as suas virtudes. Além de poucos casos de alergias, são raras as contra-indicações No entanto, não deve abusar deste alimento à noite e ter cuidado para não o deixar em contacto com a pele, pois com a exposição ao sol, podem aparecer manchas escuras ou queimaduras.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: